Notícia

MDIC lança laboratório de inovação do varejo na capital paulista

MDIC lança laboratório de inovação do varejo na capital paulista

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) lançaram o Laboratório de Inovação do Varejo (ProVa). A iniciativa, inédita na América Latina, tem o objetivo de apresentar tecnologias inovadoras para o mercado e promover atividades que ajudem a fomentar o varejo nacional.

O ProVa está instalado no shopping Frei Caneca, na capital paulista, é gratuito e aberto a todos os segmentos do setor, tanto para o pequeno, quanto o médio e grande varejista, de todo o país. O espaço vai funcionar durante dois anos e será usado para o desenvolvimento de soluções, desde o uso de tecnologia digital até aplicação e teste de novas tendências no atendimento a clientes e gestão dos empreendimentos.

O ambiente vai reunir áreas de coworking, ilhas de tecnologia e espaço para eventos. Para participar do projeto, o varejista pode ir diretamente ao local ou entrar em contato com a ABDI ou MDIC por meio das associações varejistas.

Para o ministro do MDIC, Marcos Jorge, a iniciativa vai lincar os setores varejista e de indústria. “Pretendemos aumentar a integração entre os setores. No ProVa, as empresas poderão realizar testes, validações e desenvolvimento de novas soluções e tecnologias. O nosso objetivo é incentivar o aumento da competitividade do varejo brasileiro, além da criação de novos modelos de negócio, o desenvolvimento de produtos e serviços, a melhoria do atendimento e a interação com outros segmentos como a indústria”, disse.

O presidente da ABDI, Guto Ferreira, explicou que a ideia é apresentar soluções para os problemas dos lojistas. “Quem vier nos conhecer será apresentado ao que de mais inovador está sendo feito no mundo direcionado ao setor. Também teremos uma loja conceito, onde o varejista poderá vender seus produtos no shopping por um período determinado”, disse Guto Ferreira.

Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o comércio é responsável por cerca de 17 milhões de empregos, que representa 16% da força de trabalho do país.

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Chuveiro na posição "inverno" consome 30% mais. Banhos mais curtos ajudam a economizar até 40%. Geladeira em má condição consome até 70% da conta do mês. Em casa ou no escritório, tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.